Da literatura para o cinema: quem são os autores mais adaptados da história?

Já reparou na quantidade de filmes que estão sendo lançados como adaptações de livros de sucesso? Os cinéfilos de plantão irão dizer que isso já não é de hoje, mas vou retrucar que esta característica só tem aumentado e até as séries de TV estão se rendendo às adaptações de obras literárias, vide o atual mega-sucesso Game Of Thrones

Eu, como um cara que adora fazer uma lista (até acredito que o gosto por listas do personagem principal do livro Alta Fidelidade de Nick Hornby – que também foi adaptado para o cinema com John Cusack no papel principal – fora inspirado em mim -brincadeira, claro!), irei fazer a minha lista de grandes filmes (não os melhores) que foram adaptados de livros.

Anjos de Demônios de Dan Brown: Nem sempre bons livros geram bons filmes.

 

Mas antes, algumas reflexões acerca do tema. Creio que a utilização de adaptações nos dias de hoje se dê até mesmo pela deficiência dos atuais roteiristas, visto que, pouco se salva dos filmes mais acessíveis que não são adaptações. Não que os filmes adaptados possuam um selo diamante de qualidade, pois recentemente tivemos as deploráveis adaptações da franquia Crepúsculo, mas em geral, estes filmes já passaram pelo crivo da popularidade no mundo literário. O que também não significa garantia de sucesso no quesito qualidade (preciso citar a saga Crepúsculo de novo?).  Por outro lado, um bom livro não implica em um bom filme. Um exemplo claro é a versão cinematográfica fanfarrona de Anjos e Demônios, o melhor livro de Dan Brown. Ron Howard já havia escorregado em O Código Da Vinci, mas na sequência (que na cronologia literária é antes) com A&D ele se perdeu completamente e é de digno de nota que Dan Brown fazia parte da equipe de roteiristas.

Shakespeare: O autor mais adaptado para as telas segundo o site IMDB.

 

Questão de preferências literárias e cinematográficas à parte, nos vem à mente uma questão que pode gerar uma excelente lista. Quais seriam os autores mais adaptados da história do cinema? Recentemente, a Revista Monet publicou uma pesquisa onde listava os vinte autores mais adaptados da história. Já adianto o primeiro lugar que é ocupado sem surpresas por William Shakespeare, afinal, sua obra era direcionada ao teatro, ou seja, o cinema de sua época. Segundo a pesquisa, seriam 891 filmes baseados em suas magistrais obras. Os dados da pesquisa foram retirados do IMDB (Internet Movie Database), que inclui curta-metragens, filmes caseiros, mega-produções e até jogos de video-game.  Os vinte autores mais bem colocados são listados abaixo:

1. William Shakespeare (Romeu e Julieta
2. Anton Chekhov (Tio Vânia em Nova York
3.Charles Dickens (Oliver!
4. Edgar Allan Poe (Histórias Extraordinárias
5. Alexandre Dumas (O Homem da Máscara de Ferro
6. Robert Louis Stevenson (Planeta do Tesouro
7. Arthur Conan Doyle (Sherlock Holmes
8. Hans Christian Andersen (A Pequena Sereia) 
9. Os Irmãos Grimm (Enrolados) 
10. Molière (Don Juan) 
11. Edgar Wallace (King Kong
12. O. Henry (In Old Arizona
13. Oscar Wilde (Dorian Grey) 
14. Fyodor Dostoevsky (The Brothers Karamazov
15. Victor Hugo (O Corcunda de Notre Dame) 
16. Leo Tolstoy(Guerra e Paz
17. Júlio Verne (Viagem ao Centro da Terra) 
18. Stephen King (Um Sonho de Liberdade) 
19. Georges Simenon (Maigret) 
20. Agatha Christie (O Vingador Invisível)

Seguindo adiante, vamos esclarecer alguns pontos de nossa lista. Primeiro, como todas as listas esta não é imparcial, assim todos os presentes nela são películas que me agradam e não tive nenhum intuito de prestigiar clássicos do cinema. Segundo, a ordem das citações não obedece minha ordem de preferência e existem películas baseadas em autores que não constam na lista acima. Terceiro, preferi restringir cada autor a apenas uma adaptação. Chega de conversa e vamos às melhores adaptações que minha mente se lembra neste momento.

 1. Romeo & Julieta: Adaptação moderna da mais famosa história de amor da literatura. Com certeza, dentre as inúmeras adaptações da obra, esta é uma das mais originais. 
Lançamento do Filme: 1996
Autor do Livro: Willian Shakespeare



2.  Conta Comigo: Um dos autores mais adaptados para o cinema, Stephen King tem diversos livros clássicos do terror em seu currículo que foram parar nas listas da sétima arte. Dentre os principais estão Carrie A Estranha, O Iluminado, Christine, Cemitério Maldito e Colheita Maldita. Entretanto, sua genialidade é mostrada em livros/filmes que fogem ao conceito terror como os aclamados À Espera de Um Milagre, Um Sonho de Liberdade e este Conta Comigo. Vale lembrar do ótimo A Tempestade do Século, onde King desenvolveu a história somente como roteiro para o cinema.
Lançamento do Filme:1986
Autor do Livro: Stephen King


3.  O Senhor do Anéis(Trilogia): Depois das obras de Tolkien nosso universo foi dividido em dois: O mundo real e a Terra Média. Durante muito tempo se esperou uma adaptação para a trilogia mais inspiradora da literatura. Houve uma em desenho animado nos anos 70, mas o filme demorou mais trinta anos para ganhar vida. Apesar do caráter sucinto que as adaptações cinematográficas carregam, neste caso o saldo foi positivo.
Lançamento do Filme: 2001-2002-2003
Autor do Livro: J. R. R. Tolkien



4.  O Morro dos Ventos Uivantes: O clássico de Emily Brontë foi uma das primeiras grandes obras da literatura que ganharam vida na sétima arte. Vale a pena ser assistido, mas vale mais ainda a pena ser lido.
Lançamento do Filme:1939
Autor do Livro: Emily Bronte



5.  O Conde de Montecristo: Alexandre Dumas nos deu grandes histórias como o Homem da Máscara de Ferro, Os Três Mosqueteiros e esta obra-prima, O Conde de Montecristo. Traição, vingança, aventura, romance, redenção, conspirações e duelos com espadas, tudo misturado num dos melhores romances da história da literatura que ganhou uma grande versão em 2002.
Lançamento do Filme:2002
Autor do Livro: Alexandre Dumas



6.  O Mágico de Oz: Quando Frank L. Baum concebeu esta obra não imaginaria que a mesma se tornaria parte da cultura popular mundial. Esta adaptação talvez seja um dos maiores clássicos do cinema com a estrela Judy Garland no papel principal.
Lançamento do Filme: 1939
Autor do Livro: L Frank Baum



7.  Janela Indiscreta: Hitchcock sempre foi o mestre da adpatação para o cinema. Sua adaptação para Rebecca- Uma Mulher Inesquecível, livro de Daphne Du Marrier, ganhou o Oscar de Melhor Filme e a maioria de seus grandes clássicos, como Psicose, Pássaros e O Homem que Sabia Demais foram inspirados em obras literárias. Porém, este é pra mim o melhor. Janela Indiscreta conta com James Stewart em uma de suas melhores atuações e a beleza irretocável de Grace Kelly, um dos mais belos rostos da história do cinema. 
Lançamento do Filme: 1954
Autor do Livro: Cornell Woolrich


8. Encurralado: Richard Matheson é o dono de muitas histórias famosas no cinema. Três delas são Em Algum Lugar do Passado, Amor Além da Vida e Eu Sou A Lenda. Porém, acredito ser esta a melhor adaptação de sua obra. Um conto simples, com pouco mais de vinte páginas, se tornou um filme angustiante e que prende a respiração e enrijece os músculos do expectador até o suspiro final.
Lançamento do Filme: 1971
Autor do Livro: Richard Matheson


 9.  Laranja Mecânica: Quando o livro foi lançado obteve críticas fortes quanto ao mundo violento apresentado por Burgess, autor da obra. Stanley Kubrick conseguiu de maneira irrepreensível passar todo o clima do livro para as telas. Só basta dizer que este um dos maiores clássicos do cinema. Quase obrigatório.

Lançamento do Filme: 1971
Autor do Livro: Anthony Burgess

 


 10.  Guerra dos Mundos: Esqueça a adaptação moderna que conta com Tom Cruise. O filme de 1953, inspirado na obra de H. G. Wells, traz a essência do que era a ficção científica em áureos tempos de ingenuidade. Quando o programa de rádio norte americano Mercury Theatre in the Air transmitiu uma leitura dramática da Guerra dos Mundos, a locução ficou a cargo do então jovem ator Orson Welles. Vários ouvintes entraram em pânico acreditando que se tratava da cobertura jornalística de um verdadeiro ataque dos alienígenas e suas máquinas de destruição. Algum tempo depois, uma rádio do México repetiu a brincadeira anunciando a invasão marciana em um boletim extraordinário, o resultado foi mais pânico e algumas tentativas de suicídio.
Lançamento do Filme: 1953
Autor do Livro: H. G. Wells




11.  Blade Runner: O Caçador de Andróides: Philip K. Dick reformou a maneira de escrever ficção científica. Entretanto, só ganhou notoriedade após a sua morte com as diversas adaptações para o cinema de suas obras, dentre as quais se destacam Minority Report: A Nova Lei, O Vingador do Futuro, O Pagamento, O Homem Duplo e este clássico Blade Runner onde se encontra grande parte do prenûncio da filosofia cyberpunk.

Lançamento do Filme: 1982
Autor do Livro: Philip K. Dick


12. O Nome da Rosa: Uma das grandes obras de Umberto Eco, rivalizando em qualidade com O Pêndulo de Foucault. A adaptação para o cinema conta como Sean Connery no papel principal e um jovem Christian Slater como coadjuvante e narrador da história. Um thriller medieval que marcou os anos 80 tanto na literatura quanto no cinema.
Lançamento do Filme: 1986
Autor do Livro: Umberto Eco


13. O Poderoso Chefão: O mundo dos mafiosos é retratado de forma ímpar nesta adaptação de Mario Puzzo. Ainda teríamos mais duas películas completando a história.
Lançamento do Filme: 1972
Autor do Livro: Mario Puzzo

 

 

14. O Silencio dos Inocentes: Parte da trilogia de Hannibal Lecter, que é completada com Dragão Vermelho (o primiero livro da série) e Hannibal (terceiro livro da série). Thomas Harris lançou cinco livros, todos adaptados pela sétima arte.

Lançamento do Filme: 1991
Autor do Livro: Thomas Harris
 

15. Entrevista com o Vampiro: Lançado em 1976, Entrevista com o Vampiro inicia a saga do Vampiro Lestat, um dos mais célebres personagens da literatura fantástica, e da sua mitologia que seria estendida por toda a obra da autora. Na sua primeira edição nacional a tradução ficou à cargo de Clarisse Lispector. Na sua adaptação para o cinema contou com os atores Tom Cruise, Brad Pitt e Antonio Banderas. Anne Ricce teria ainda duas obras adaptadas para o cinema em um único filme, A Rainha dos Condenados.
 Lançamento do Filme: 1994
Autor do Livro: Anne Ricce


16. Clube da Luta: Sim! Esta célebre película é uma adaptação. Chuck Palahniuk tem o costume de criar personagens marginalizados pela sociedade e que reagem de forma auto-destrutiva em seus livros. É um autor controverso que tem suas obras rotuladas, por ele mesmo, de ficção transgressional. O filme conta com Edward Norton e Brad Pitt e é dirigido por David Fincher.
Lançamento do Filme: 1999
Autor do Livro: Chuck Palahniuk


17. Forrest Gump: O Contador de Histórias: Mais uma obra da série autores desconhecidos. Wiston Groom é mais lembrado no meio literário por suas obra de não-ficção. Mas, sua obra-prima foi adaptada para o cinema em 1994, contando com Tom Hanks no papel principal de uma película que marcou época e se tornou um dos grandes clássicos do cinema.
Lançamento do Filme: 1994
Autor do Livro: Winston Groom


18. Apocalypse Now: Este filme ficou conhecido pela cena do massacre ao som de  A Cavalgada da Valquírias de Wagner. A ideia era usar a história original do livro O Coração das Trevas de Joseph Conrad como uma alegoria. Marlon Brando, que aparece somente na parte final do filme, exigiu que seu personagem fosse mostrado somente em tomadas escuras, a fim de disfarçar a sua obesidade, o que acabou dando ao seu personagem, o “Coronel Kurtz”, um ar sombrio e enigmático. Há outra versão, que essa opção na verdade teria partido do diretor e não de Brando.
Lançamento do Filme: 1979
Autor do Livro: Joseph Conrad


19. O Exorcista: Um dos filmes mais chocantes da década de setenta se originou das páginas escritas por Willian Peter Blatty. O roteiro da película foi escrito pelo próprio autor do livro que conta a possessão do demônio Pazuzu a uma garota de apenas doze anos. Este é um dos filmes mais lucrativos da história do gênero terror.
Lançamento do Filme: 1973
Autor do Livro: Willian Peter Blatty

 

20. Satyricon: O mais antigo livro da lista foi escrito no século I pelo autor romano Petrônio. Esta adaptação de Frederico Fellini é uma épica mostra de Roma no tempo do imperador Nero que traz cenas chocantes de decadência e atos grotescos. As mudanças do filme são difíceis de seguir num primeiro instante, mas ao fim tem-se a certeza de estarmos diante de um clássico do cinema italiano de arte. 
Lançamento do Filme: 1969
Autor do Livro: Petronio

 
É claro que estes não são os melhores filmes adaptados da história do cinema. São apenas os meus preferidos e principalmente, os que foram lembrados por mim hoje. Completar a lista é algo mais do que necessário e as sugestões são bem vindas. 
Anúncios

E aí? Curtiu? Conte-nos o que achou desta postagem, mas seja educado, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s