O Banquete do Terror

Já viu aquela cena daquele filme de terror em que a família misteriosa convida a mocinha incauta para o jantar e com a mesa posta temos um banquete de iguarias que causam mais repulsa do que água na boca?  Ou então, aquele filme de um aventureiro que se senta à mesa com anfitriões de uma cultura diferente que servem uma bela cabeça de primata? Eu vi uma destas quando ainda era um infante e sempre fui um curioso pelo que a família Adams colocava em sua dieta, afinal a figura de Mortícia Adams sempre me encantou. Pois bem, encantos infantis à parte, recentemente fiz uma pesquisa bizarra na internet e montei o cardápio do terror. Neste menu, temos diversas opções para um jantar completo com iguarias das mais diversas e que realmente são oferecidas pelo mundo à fora. Ou seja, nada aqui é invenção minha, todas receitas podem ser servidas a um faminto desavisado que se perca em algum lugar do mundo onde tal prato seja um acepipe comum por aquelas bandas.  Delicie-se…
Sopas e Entradas:
 
1. Sopa de Sangue de Pato: Comum no Vietnã, é uma receita simples onde o sangue do pato cru é temperado com amendoim, vegetais e gengibre. Depois de preparado, basta colocar na geladeira e esperar o sangue coagular para que a mistura fique igual a uma gelatina. Com toda certeza esta deve ser uma das receitas preferidas como antepasto no covil do Conde Drácula.
Vai uma sopinha de sangue de pato aí?

2. Caldo de Trompas de Falópio: Uma típica recita chinesa que utiliza trompas de Falópio oriundas de apetitosas rãs desidratadas. Dizem que o sabor se assemelha à nossa tapioca e é indicada como combinação para sopas doces.

3. Caldo de Turu: Esta receita tem o selo de qualidade brasileiro. O Turu é um molusco de cabeça dura e corpo gelatinoso que vive em árvores podres e caídas. Na ilha de Marajó este aperitivo é consumido vivo e cru, em caldo com farinha de mandioca ou em moquecas. Dizem que o gosto é similar a mariscos.

Turu. Servido em caldos, moquecas e até mesmo consumido vivo, esta é uma iguaria nacional.

4. Ovo de Pato com Embrião: Este manjar é tradicional nas Filipinas, mas foi trazido por mercadores chineses. Exatos 17 dias após a pata botar seus ovos e fazer o seu trabalho materno, já existe um embrião da ave semi-desenvolvido ali dentro. Este ovo é cozido e servido com, no máximo, sal para temperar. Segundo os seus apreciadores parece um ovo mal cozido só que crocante, por causa das cartilagens. Uma delícia!

O Balut ou ovo de pato com embrião cozido é servido desta forma.
Pratos Principais:
 

1. Cabeça de Ovelha: Se pretende fazer uma visita ao Vietnã pode experimentar uma deliciosa cabeça de ovelha cozida. Naquelas terras, tudo se aproveita de um belo carneiro ou uma ovelha. As partes menos suculentas como cabeça, pés e estômago são cozidas inteiras, sendo os olhos consideradas as melhores partes desta receita. O cérebro também é degustado e considerado afrodisíaco.

Uma bela cabeça de ovelha cozida é uma receita vietnamita.

2.Vesícula Seminal de Bacalhau: Se assim como eu, você nem sabia que o Bacalhau produzia esperma, vai ficar ainda mais estupefato ao saber que no Japão, a vesícula que produz o líquido reprodutor do bichinho é o principal ingrediente de um prato típico naquele país. O Shinkaro ainda é temperado com cebolinha  verde, alga, dashi e molho de soja. Na sua próxima visita ao restaurante japonês pode pedir esta excêntrica receita.

Vai um Shinkaro aí?

3.Cérebro de Macaco: Agora você se lembrou daquele banquete num dos filmes de Indiana Jones. Mas a tradição de degustar o cérebro de primatas já é secular. A receita tem todo um ritual de preparo e envolve vinagre, salmoura e cozimento monitorado. Na Europa, em regiões rurais os cérebros de animais são iguarias consumidas até os dias de hoje, com o cérebro de Gorila sendo considerado afrodisíaco.

Cérebro de macaco.  Uma receita tida como afrodisíaca.

4.Intestino com Tudo Dentro: Receita escocesa que consiste de um intestino de carneiro recheado com coração, estômago, pulmão e baço do animal misturado à farinha de aveia, cebola e temperos. É uma iguaria tradicional denominada Haggis que tem até uma versão enlatada.

O Haggis é servido com purê e ervilhas.
Bebidas:
 

1. Batida de Sapo: Para experimentar este drink você precisa se deslocar até o Peru. Lá, o sapo criado em tanques é abatido na hora do preparo com pancadas na mesa, a pele é retirada e as vísceras são retiradas de acordo com a sua escolha. Após uma leve fritada, o anfíbio é batido no liquidificador com mel, babosa, caldo de feijão branco e uma planta nativa dos Andes.

2. Vinho de Rato: Ratinhos com menos de três dias de vida são mergulhados em vinhos de arroz. Esta bebida é encontrada na China e a mistura fica fermentando em um porão escuro por no mínimo um ano. A bebida é considera muito forte e revigorante e já é tradicional há séculos, persistindo desde a Dinastia Ming.

O tradicional vinho de arroz com ratos recém-nascidos é servido na China.

3. Café Indonésio ou Vietnamita: O indonésio é o café mais caro do mundo e é obtido por um meio bizarro. As sementes são engolidas pelo Civeta, um mamífero natural do país, e depois retiradas de suas fezes. Se preferir o café vietnamita, este tem um sabor adocicado graças à maneira como é expelido após consumido por uma doninha.

4. Tonificante Sagrado: Bebida inventada por um grupo fundamentalista hindu tem na sua fórmula 6 ml da mais refrescante urina de vaca misturadas a água e ervas medicinais.

O Gauloka Peya, bebida que leva 6 ml da mais sagrada urina de vaca. Aceita um gole?

Sobremesa:

Após todas estas delícias, creio que já se fartou e seu estômago só aceita um belo sorvete. Na nossa seção de ice creams especias você pode escolher dentre os três novos sabores que são moda no Japão: cobra, língua de boi e camarão.

Espero que tenha gostado do nosso apetitoso menu, que é variado e pode ser apreciado por diferentes culturas. Entre, puxe uma cadeira, sente-se e faça seu pedido. Sua satisfação é garantida.

Anúncios

E aí? Curtiu? Conte-nos o que achou desta postagem, mas seja educado, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s