LIVRO: Tijucamérica, de José Trajano

10644985_499112706938311_1300281852605331119_nJosé Trajano​: Tijucamérica
Editora Paralela​

“Antes de chegar à sede do América, recebi um telefonema do agente de Tim Burton, revelando que o cineasta, chegado numa zoeira, acompanhou com interesse a história dos revividos. E,…, queria comprar os direitos para filmar ‘Os Craques Reencarnados'”.

E só mesmo Tim Burton​ poderia costurar uma película advinda deste livro nas telas do cinema.

Pois bem, este surrealismo recheado de humor perspicaz é apenas um exemplo da delícia máxima destas páginas que ainda apresentam um clima de romantismo há muito perdido no futebol.

Em uma escrita fluida, aconchegante, dotada da leveza de quem entoa um causo na mesa de um boteco, ou entre xícaras de café numa varanda, José Trajano realiza seu testemunho do verdadeiro amor a um clube de futebol, no caso, o glorioso América Futebol Club​.

Esta é a forma mais original de narrar acontecimentos importantes da história de uma agremiação futebolística que eu já degustei. Além de prestar um tributo aos craques do passado, evidenciando a maneira como a história da Tijuca e do América se confundem e em dado momento ambas mergulham de modo irreversível na vida do autor, livrando-o das garras vascaínas.

E por falar em Vasco, poucos personagens são tão caricatos e reconhecíveis como “O tal Miranda”, que personifica o inimigo do futebol, ardiloso e símbolo do descrédito do esporte na atualidade. Já “Sobrenatural de Almeida” encarna o poder do imponderável dentro do futebol.

Apesar das alegorias, dos mortos-vivos, dos devaneios de um sonho-desabafo de torcedor, deliciamo-nos num exercício de saudosismo, pois Trajano consegue promover uma viagem no tempo em sabores, aromas e visões, bem como diluir críticas atuais e pertinentes dentro da sua narrativa.

Saudosismo urbano, paixão futebolística, folclore esportivo, conspirações históricas, desfile de figuras notáveis e locais sagrados ao mundo do futebol, formatam uma odisseia dentro da cultura popular, nos lembrando que futebol e misticismo religioso andam de mãos dadas.

Um belíssima obra que, antes de mais nada, é uma declaração de amor!

Para conferir um trecho do livro clique no link abaixo:
http://www.editoraparalela.com.br/detalhe.php?codigo=88128

Anúncios

E aí? Curtiu? Conte-nos o que achou desta postagem, mas seja educado, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s