ATUALIZANDO A DISCOTECA: The Roots, Undun (2011)

The Roots: Undun
The Roots: Undun (2011)

Alguns grupos são caracterizados por uma constante qualidade dentro de sua zona de conforto, todavia, outros são enaltecidos por inquietante inovação e até mesmo por sua audácia em certos momentos.

O The Roots, grupo norte-americano que representa o segmento do Hip-Hop com a classe de nomes como Massive Attack, The Fugges e Outkast, mostra que, além de já ter jogado no time dos inovadores, também tem muita coragem, sendo um dos poucos grupos do gênero a contar com um baterista. Este fator traz um pouco mais de organicidade ao álbum, conceitual e terceiro num espaço de 18 meses.

O conceito da obra  gira em torno da personagem Redford Stephens, que cai cedo na vida do crime, sendo é assassinado aos 25 anos. Um personagem fictício embalado numa luta autêntica, como podemos perceber nas palavras de Black Thought, rapper da banda:

“A história de Redford não é incomum na Philadelphia. Lembro-me de não conseguir imaginar estar vivo aos 30 anos. Eu não conhecia muita gente que havia chegado aos 30”

Para driblar o incômodo da extensão que alguns álbuns conceituais esboçam, a duração do mesmo não é muito grande. Apenas 38 minutos. Mas são 38 minutos  brilhantes de música.

Já nos primeiros acordes somos açoitados por uma martelante questão: como, nas mãos certas, o hip-hop pode ter tanta classe?

A primeira faixa após a introdução consegue ser delicada apesar das batidas que insistem em pulsar violentas os falantes. É impressionante como o grupo consegue ser inovador num estilo saturado como o deles, associando vocais melódicos e até certo clima pop com o spoken tradicional do hip-hop.

De cara, Make My se destaca com grandes vocalizações e um trabalho de teclados digno de nota. One Time já nasceu hit para os ouvidos que primam pelo bom gosto e The Outside remete aos gênios do trip-hop, Massive Attack.

Destaque também para Tip the Scale e as partes instrumentais, gravadas por um quarteto de cordas, que abrem e fecham o álbum, principalmente em Possibility 2° mov e Finality.

Anúncios

E aí? Curtiu? Conte-nos o que achou desta postagem, mas seja educado, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s