ATUALIZANDO A DISCOTECA: Bloodiest, “Bloodiest”

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

a1653912908_10
Bloodiest: “Bloodiest” (2016, Relapse Records)

Este é o segundo álbum do sexteto de Chicago, que aposta no experimentalismo de instrumentação densa, sonoridade saturada e arranjos obscuros, construindo uma verdadeira parede sonora, de guitarras distorcidas convivendo com melodias mais limpas, detalhes dissonantes, corrosivos e barulhentos, riffs trampados e um pouco da atmosfera claustrofóbica muito utilizada em extremismos eletrônicos.

A verdade é que aos meus ouvidos a proposta não agradou, definitivamente. Apesar da dinâmica e da vanguarda, em muitos momentos o experimentalismo parecere gratuito e sem destino explícito, em decorrência da miríade de elementos que estão espalhados em cada faixa. “The Widow”, por exemplo, mistura backing vocals soturnos, arranjos acústicos e vocais lamentoso que entoam hinos obscuros, em meio a passagens angustiantemente saturadas, permeadas por notas dissonantes de piano e guitarras psicodélicas. Ou seja, temos um verdadeiro quebra-cabeças alternativo que soa meio disforme em sua paisagem final.

0006163783_10

O Bloodiest é um sexteto de Chicago, que, numa visão mais superficial, baseia sua abordagem pelo extremismo metálico, adicionado de muito experimentalismo e vanguarda.

Este fato se repetirá ao longo de todo o álbum, que tem clima frio perene, variando da sutileza melancólica à fúria do desabafo, um contraste musical mais vibrante em “Broken Teeth”, peça mais angustiante e minimalista do álbum. Para quem curte uma dose a mais de peso, “He Is Disisase”, talvez a única faixa sem erros do álbum, transita pelo Doom-Sludge Metal ao furioso rock n’ roll de vocais viscerais.

Talvez, demande mais um pouco de tempo para minha assimilação esta obra catártica e vanguardista, que, numa visão mais superficial, baseia sua abordagem pelo metal extremo, adicionado de muito experimentalismo. Porém, para os meus ouvidos, ainda não foi desta vez.

NOTA: 6,0

Anúncios

E aí? Curtiu? Conte-nos o que achou desta postagem, mas seja educado, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s