ATUALIZANDO A DISCOTECA: Pop Javali,”Live In Amsterdam” (2016)

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

pop-javali-live-in-amsterdam
Pop Javali: “Live In Amsterdam” (2016, Voice Music)

O Pop Javali, apesar de ter apenas dois álbuns lançados,  “No Reason To Be Lonely”, de 2011, e o mais recente, “The Game Of Fate”, de 2014, não é um novatos na cena.  A banda foi formada em 1992 e consegue realizar a proeza de manter a mesma formação há mais de duas décadas, além de já ter dividido o palco com nomes consagrados da história do rock, como Deep Purple e Uriah Heep.

Após o lançamento de  “The Game Of Fate” a banda viu seu nome exposto no meio especializado da mídia nacional, sendo este álbum indicado dentre os melhores do ano nos mais diversos veículos, o que chamou a atenção além das nossas fronteiras. Esta repercussão lhes deu oportunidade de excursionar, pela primeira vez, fora de sua terra natal. E o registro desta passagem do Pop Javali pelo Velho Continente se dá neste primeiro álbum ao vivo, gravado no dia 19 de Outubro de 2015 (uma segunda-feira), durante o show no The Waterhole, em Amsterdã, que apesar de condensar toda a energia e potência da banda no palco, peca levemente na gravação (principalmente em algumas linhas de bateria).

Mas nada que nos impeça de impressionarmos com o corpo musical robusto que o power-trio formado por  Marcelo Frizzo (baixo/vocal), Jaéder Menossi (guitarra) e Loks Rasmussen (bateria) conseguem materializar no palco, remetendo aos áureos tempos dos grandes álbuns ao vivo, principalmente nos anos 1970, com muita energia, organicidade, vigor e guitarras em profusão, ao longo de oito faixas, em pouco mais de 30 minutos. Um tiro curto e preciso!

 Confira o vídeo para a faixa “A Friend That I’ve Lost”, com cenas da turnê européia que deu origem ao álbum!

Este lançamento, contendo oito faixas, reforça o poderio de canções como “Roadie To Nowhere” (com pegada de hit do estilo), “Freemen” (com guitarras cortantes e cozinha pulsante), “A Friend That I’ve Lost”, “Time Allowed”“I Wanna Choose”, que representam brilhantemente o o Hard/Heavy da banda, tecnicamente muito bem executado (as linhas de guitarra estão flamejantes e viscerais, e a estrutura baixo/bateria sólida), energético e conciso. Além disso, este álbum evidencia o entrosamento e a sintonia dos músicos, engrandecendo sua imagem como banda. “Live In Amsterdam” está sendo distribuído no Brasil pela Voice Music, maior gravadora independente do país, sendo um importantíssimo registro do Hard/Heavy brasileiro na atualidade!

Se este é o retrato de um dos shows que representam nosso Rock N’ Roll lá fora, só posso dizer: QUE ORGULHO!!!!!

Anúncios

E aí? Curtiu? Conte-nos o que achou desta postagem, mas seja educado, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s