ATUALIZANDO A VIDEOTECA: Sodom, “Lords of Depravity, part II” (2010)

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Sodom - Lords of Depravity part II
Sodom – “Lords of Depravity: Part II” (2010, SPV/Steamhammer, Shinigami Records)

O Sodom é um pilares do Thrash Metal europeu e sua história tem que ser reverenciada dentro do cenário metálico, seja pelo pioneirismo, ou pela perseverança. Tom Angelripper, seu mentor ao longo dos anos, é um símbolo de amor à uma banda e ao que faz, desde que fundou o Sodom em 1979, na Alemanha, ao fundir Black Sabbath, Motorhead e Venom. A banda passou por constantes mudanças de formação, lançou clássicos indiscutíveis do gênero em sua primeira década, como ”In the Sign of Evil” (1985), “Obssesed by Cruelty” (1986), “Persecution Mania” (1987), e o obrigatório “Agent Orange” (1989), e manteve uma discografia honesta, com seus altos e baixos, mas sempre contundente e presente na cena, mesmo nos negros anos 1990.

Confira a performance de “Sodomy And Lust”, com Bernemann e Frank Blackfire… 

Claro que esta história merecia um registro digno, detalhado e rico em imagens, o que foi feito em “Lords of Depravity, part I” (2005), compreendendo a trajetória do Sodom entre os anos de 1982 e 1995, recheado de relatos do próprio Tom Angelripper, cenas de bastidores, performances de palco, etc. Esta marca final, o ano de 1995, é a mesma que traz a retomada do crescimento de qualidade da discografia, com o álbum “Masquerade in Blood”, que sucedia o fraco “Get What You Deserve” (1992).

A história nos mostra que à partir daquele ano, a banda retomou sua força, em álbuns como (o fantástico e vigoroso)  “Code Red” (1999), que fez do Sodom mais uma vez um dos principais nomes do Thrash Metal mundial, e “M-16” (2001), um álbum conceitual sobre a guerra do Vietnã. Ou seja, aquele primeiro registro da história da banda merecia uma continuação, que chegou cinco anos após a primeira parte, com o título de “Lords of Depravity, part II”, apresentando uma digna celebração da longa carreira do Sodom, honesta para com seu público, e com a heroica marca do sobrevivente de diversas batalhas.

O Sodom é um pilares do Thrash Metal europeu e sua história tem que ser reverenciada dentro do cenário metálico pelo pioneirismo e pela perseverança.  “Lords of Depravity, part II”, apresenta a segunda parte de uma digna celebração da longa carreira do Sodom, além de registrar o show histórico no Wacken Open Air, de 2007, que, além da formação daquele período com Tom, Bernemann e Bobby, trouxe integrantes de todas as fases do grupo ao palco.

O que fica evidente neste documento histórico, que permeia uma parte da história do Heavy Metal, é a maneira como conquistaram e mantiveram uma base tão fiel de fãs, que permitiu a existência da banda por todos estes anos, turbulentos ou gloriosos. E a maior prova deste fato vem no segundo DVD, que registra o vigésimo quinto aniversário do Sodom, celebrado num show histórico no Wacken de 2007, que, além da formação daquele período, com Tom, Bernemann e Bobby, trouxe integrantes de todas as fases do grupo ao palco para tocar clássicos como “Blasphemer” (com Grave Violator), “Sodomy And Lust” (com Bernemann e Frank Blackfire), “Ausgebombt” ( Bernemann, Andi Brings e Frank Blackfire), “Napalm in the Morning”, “Get What You Deserve” (com Andi Brings e Atomic Steif), “The Saw Is The Law”, “Outbreak of Evil” e “Bombenhagel”.

Confira a performance de “Bombenhagel”… 

Uma apresentação energética, que faz jus à história da banda, com os músicos visivelmente emocionados, e o público claramente entendendo que estava testemunhando um evento histórico, que ganhava vida no palco, através de performances apaixonadas e viscerais, no mais honesto exercício de Heavy Metal. Como se não fosse bastante, ainda temos, como bônus, os clipes promocionais de  “Fuck the Police” (do álbum “‘Til Death Do Us Unite” (1997)) e “City of God” (do álbum “Sodom” (2006)), e algumas cenas excluídas do produto final.

Um material INDISPENSÁVEL para quem se diz fã de Heavy Metal, que chegou ao Brasil via Shinigami Records, em sua versão dupla, com dois encartes, um para cada DVD, recheado de textos e fotos que completam o material, além de uma discografia detalhada e comentada.

Vou repetir só pra você ter certeza: É MATERIAL OBRIGATÓRIO!

Anúncios

E aí? Curtiu? Conte-nos o que achou desta postagem, mas seja educado, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s