ATUALIZANDO A DISCOTECA: Tokyo Motor Fist, “Tokyo Motor Fist” (2017)

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

tokyomotorfistcd
Tokyo Motor Fist, “Tokyo Motor Fist” (2017, Frontiers Music srl) NOTA:9,5

Sim! Esse é mais um projeto da gravadora italiana Frontiers que reúne nomes consagrados da era dourada do Hard/Melodic Rock, à saber, desta vez, Ted Poley, ex-vocalista do Danger Danger, umas das mais interessantes bandas do gênero, e Steve Brown, guitarrista do Trixter, outra ótima e pouco lembrada banda do Hard Rock oitentista.

Para já fechar a ficha técnica, completam a formação o baixista Greg Smith, que tocou com Rainbow, Ted Nugent e Alice Cooper, e o baterista Chuck Burgi, também ex-Rainbow e Blue Oyster Cult. Currículos devidamente apresentados e aprovados, vamos ao álbum!

Pois bem, ao contrário do que acontece com setenta por cento destes projetos da gravadora, este Tokyo Motor Fist emplacou um petardo do Hard Rock, numa exibição energética, cheia de adrenalina, com riffs de guitarra empolgantes e seção rítmica pulsante. Usam e abusam de melodias grudentas e arranjos marcantes, construindo faixas mais pegadas e espalhando-as entre as necessárias e tradicionais power ballads.

 Confira a faixa “Put Me To Shame”…

Enquanto “Taking of the Peaces”, “Black and Blue” e “Put Me To Shame” (essa com o melhor sabor oitentista) apresentam uma tormenta de “grudência” melódica, “Love Me Insane”, You’re My Revolution” “Falin’ Apart” nos dão um banho de adrenalina.

Já “Shameless”“Get You Off My Mind” são mais AOR e não menos certeiras, assim como as baladas (o que seria de um bom disco de Hard Rock sem elas?) “Love”, “Don’t Let Me Go” “Done To Me” que não caem no terreno arenoso da pieguice.

Confira a faixa “Shameless”…

O mais importante de tudo é que este álbum traz ao ouvinte algo essencial: emoção! Aquela sensação musical de onipotência, advindo da empolgação e adrenalina de uma melodia que ferve o sangue.

Isso é causado pela espontaneidade da pegada melódica entrecortada pelas doses certeiras de virtuosismo, nos dando a sensação de que é possível viver de Rock n’ Roll a noite toda e de festas o dia inteiro! E isso é Hard Rock!

PRA QUEM GOSTA DE: Trixter, Danger Danger, Bon Jovi, Def Leppard e Cheap Trick.

Anúncios

E aí? Curtiu? Conte-nos o que achou desta postagem, mas seja educado, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s