ATUALIZANDO A DISCOTECA: Nighon, “The Somme” (2017)

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Por Will Bernardes

Nighon-Somme640
Nighon: “The Somme” (2017, Inverse Records) NOTA:8,5

A banda finlandesa Nighon, ativa desde 2008, apresenta via Inverse Records seu segundo álbum “The some”, dando continuidade ao estilo extremo e moderno característico do grupo , que cresce a cada dia nas terras nórdicas.

O álbum tem como pano de fundo temas sobre corrupção e crimes de guerra, buscando por meio do Metal extremo com pinceladas de gothic e arranjos melódicos, um trabalho conceitual caracterizado por letras reflexivas sobre trágicos acontecimentos das grandes guerras mundiais.

nighon_promo_pic-3

Formado por Nico Häggblom e Alva Sandström (Vocais), Björn Johansson (Guitarra), Mika Paananen (Bateria), Michael Mikander (Guitarra base) e Mats Ödahl (Baixo), o grupo finlandês abrange a ferocidade do Black Metal a níveis mais orquestrados e harmônicos, dando um certo toque de trilha sonora cinematográfica, deixando o enriquecido e envolvente.

Confira o clipe para a faixa “The Greatest Of Catastrophes”… 

Puritanos podem até torcer o nariz com a proposta do grupo, já os que não se prendem a gêneros e formulas pré estabelecidas, se interessarão pelas variações do álbum, entre faixas “Dimmu Borgianas” como “Scharnhorst”, “Reclaiming Ravenpoint”, “The Dirge” e músicas teatrais e sinfônicas como “The Greatest Of Catastrophes” com grande destaque para os vocais melódicos e limpos de Alva Sandström. No videoclipe oficial, a frase do líder pacifista indiano Mahatma Gandhi (Olho por olho e todos nós acabaremos cegos.) enfatiza a mensagem proposta na obra.

Confira o clipe para a faixa “The Dirge”… 

O trabalho é musicalmente bem estruturado e consegue entregar ao ouvinte ótimas composições inspiradas nos mais profundos sentimentos de busca pela tão almejada paz e fim de conflitos étnicos e políticos, tendo como alicerce andamentos estridentes e brutais equilibrados com sutis arranjos melódicos, trazendo um álbum sólido e ousado, com riffs robustos e interpretações vocais convincentes.

Um disco intrigante, homogêneo, agressivo e coeso, fruto de um grupo com grande potencial. Vale dar uma conferida.

Links:
http://www.nighonofficial.com
https://www.facebook.com/ nighonmusic
https://twitter.com/ nighonofficial
https://www.instagram.com/ nighonofficial
https://soundcloud.com/nighon- 1
https://www.youtube.com/ nighonofficial
http://www.nighonofficial.com/ propaganda-cast/

Anúncios

E aí? Curtiu? Conte-nos o que achou desta postagem, mas seja educado, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s