ATUALIZANDO A DISCOTECA: Axel Rudi Pell, “The Ballads V” (2017)

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

axelrudipellballadsvcover
Axel Rudi Pell: “The Ballads V” (2017, SPV/Steamhammer, Sound City Records, Shinigami Records) NOTA:8,5

É fato que Axel Rudi Pell apresenta uma das melhores fases de sua carreira, principalmente desde que se encontra muito bem acompanhado do excepcional vocalista Johnny Gioeli e do histórico baterista Bobby Rondinelli.

Nos três álbuns mais recentes, “Circle of the Oath” (2012, ainda com Mike Terrana na bateria), “Into the Storm” (2014), e “Game of Sins” (2016) temos um desfile classudo de ótimas linhas vocais e guitarras poderosas, num melodic/hard rock de cadência hipnotizante, evidenciando a unicidade dos instrumentistas que trabalham em prol das composições e não apenas servindo de base para as peripécias do guitarrista.

Também é fato que o guitarrista alemão construiu uma carreira solo (após sua saída do Steeler) tão sólida que permitiu chegar ao quinto volume de coletânea de baladas, e ainda com relevância. Esta quinta parte de “The Ballads” engloba a  última fase da carreira de Rudi Pell, trazendo apenas quatro faixas registradas nos três trabalhos supracitados: “Lived Our Lives Before”, “When Truth Hurts”, “Forever Free” (épica, e indiscutivelmente a melhor das quatro), e “Lost In Love”. 

Axel Rudi Pell construiu uma carreira solo tão sólida que permitiu chegar ao quinto volume de sua coletânea de baladas, ainda com relevância, celebrando, por faixas ao vivo, inéditas, releituras e velhas conhecidas, uma das melhores fases de sua carreira.

Claro que estas são baladas de extremo bom gosto, mas o diferencial deste trabalho, que tira o enfado de ouvir dez baladas na sequência, vem da mistura de novas composições, releituras “inusitadas”, e faixas ao vivo, junto às composições já conhecidas, partindo de onde “The Ballads IV” (2011) parou.

E das novas composições vem o primeiro destaque do álbum: “Love Is Holding On” abre a coletânea com tom emocional e destaque ao dueto de Gioeli com a histórica cantora Bonnie Tyler (sim a campeã da coletânea flashback, com os hits “It’s a Heartache” e “Total Eclipse of the Heart”). As vozes de ambos casaram perfeitamente, mostrando o quão irresistível pode ser uma balada Hard Rock bem ajambrada. A outra faixa inédita é “On The Edge of Our Time”, de aspecto mais épico entremeado à cadência natural das baladas, acentuado pela elegância das guitarras límpidas e tocantes, e pelo refrão marcante.

No outro quarto da coletânea temos duas releituras relativamente inusitadas. Quando pensamos que “I See Fire” é uma composição de Ed Sheeran causa estranheza em colocá-la por aqui, mas devemos lembrar que ela faz parte da trilha do filme “O Hobbit”, e seu aspecto épico/melancólico foi muito bem re-trabalhado por Axel Rudi Pell, como uma balada ao piano com enfoque na forte interpretação de Gioeli, que carrega a canção até a entrada do instrumental Hard Rock.

Confira a faixa “Love Is Holding On”, com a participação de Bonnie Tyler… 

Mesma fórmula para a releitura de “Hey Hey My My”, de Neil Young, que também ganhou detalhes de cordas, andamento mais lento, mas que se torna, à menos de solo e riff encorpado, o ponto mais baixo do repertório. Essa faixa, por sua letra e sua história, pede um pouco de rusticidade e certa melancolia, que destoa na interpretação de Gioeli.

Na quarta parte ao vivo, “The Line” (gravada no Rock of Ages Festival, de 2016, onde Gioeli encarna o gogó de Ronnie James Dio em alguns momentos) se sobressai em comparação ao cover para “Mistreated” (ainda com Doogie White nos vocais e Tony Carey nos teclados, registrado no Bang Your Head Festival de 2014), do Deep Purple.

Em verdade, este lançamento cheira a uma celebração de uma fase da carreira de Axel Rudi Pell, recheada de composições classudas e com feeling dos áureos tempos do Classic Rock, num álbum indicado a roqueiros de bom gosto e com sensibilidade aflorada.

Anúncios

E aí? Curtiu? Conte-nos o que achou desta postagem, mas seja educado, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s